O termo ou acrônimo VUCA, de origem inglesa, surgiu com a fim da Segunda Guerra e com a polarização geopolítica. Representa características atribuídas aos ambientes de negócios e um suporte para a tomada de decisões atualmente usado nas organizações:

Resultado de imagem para vuca

  • Volatility (Volatilidade): as variações rápidas e sem tendências claras que podem ocorrer nos ambientes de negócios, projetos, produtos e serviços, como efeito de alguma alteração.
  • Uncertainty (Incerteza): incertezas sempre existiram e sempre existirão nas organizações; a questão é o quanto nosso negócio, produto, serviço ou sistema produtivo está preparado para tais incertezas.
  • Complexity (Complexidade): a teoria da complexidade trata das mais diversas variáveis que podemos ter para um dado problema ou situação; aspectos de aumento da interdependência dos mercados e dos negócios, o que vem atrelado ao aumento da incerteza e à baixa previsibilidade.
  • Ambiguity (Ambiguidade):  são os diversos caminhos que podemos tomar para resolver um problema, e, ainda mais, que podemos ter várias maneiras e resultados diferentes, e nem sempre sabemos claramente quais deles são os melhores.

O modelo de gestão hibrida FLEKS Model propõe uma evolução ao VUCA para organizações no século 21, que pode trazer uma visão com maior abrangência sobre a problemática de gestão atual.

  • Blur (Obscuro):  algo que está oculto, pouco claro ou sem forma, difícil de definir claramente quem são os clientes, como estão o mercado, os nossos produtos e limites.
  • Risky (Arriscado): envolve a possibilidade de algo incerto ocorrer, dificultando a tomada de decisão.
  • Interconnected (Interconectado): as coisas estão conectadas entre si; muitas empresas não são locais, ou nossos produtos e projetos têm atuação mais abrangente.
  • Global: nossa atuação e nossas iniciativas ocorrem ou pertencem a todo o mundo; portanto, requerem pensar e agir com visão global.
  • Hi-Tech (Tecnológico): orientado e dependente de tecnologia avançada e sofisticada, realidade da grande maioria das corporações e dos clientes. Para o uso de um produto ou serviço, pode ser central o uso da tecnologia.
  • Timely (Oportuno): acontece no momento oportuno, apropriado ou melhor possível; portanto, gestão do tempo. Adaptar-se rápido aos movimentos pode ser questão de sobrevivência.

Tanto no Mundo VUCA como no Mundo BRIGHT, as decisões devem ser tomadas considerando tais aspectos, seja em nível estratégico, tático ou operacional, ou, ainda, utilizando-se de outra visão: em nível de portfólio, projetos, produtos e serviços.

Texto desenvolvido por docentes do curso de MBA em Gestão de Projetos e Produtos: Abordagens Híbridas.

Kleber Ramos – mestrando em administração, MBA em administração (USP), engenheiro de Controle e Automação pela UNIFEI, certificado Project Management Professional (PMP) pelo PMI, certificado Scrum Master pelo Scrum Institute, agilista disciplinado DASSM pelo PMI, entre diversas outras certificações profissionais. Tem mais de 20 anos de experiência de mercado, atuando em empresas do setor industrial, financeiro e de serviços, além de ser sócio-proprietário do Grupo Difusão – Consultoria e Treinamentos.